crear test y ex├ímenes   Fast quiz maker   creare esami e test online   Creer test
Criar testes e exames online
 

Criar Teste

Ver outros Testes

ver comentários

Neurobanco

Questões de neuro do banco de anato

Uma paciente será submetida a cirurgia ginecológica sob anestesia raqui-medular do tipo bloqueio subaracnóideo. Para injetar o anestésico a agulha deverá atravessar várias camadas até atingir o espaç

. Pele – lig. Supraespinhal – lig. Interespinhal – lig. Longitudinal posterior – duramater – espaço subaracnoídeo
. Pele – lig. Supraespinhal – lig. Interespinhal – duramater – espaço subaracnoídeo
. Pele – lig. Supraespinhal – lig. Intertransversário – espaço subarcanoídeo – espaço subaracno[ideo
. Pele – lig. Interespinhal – lig. Longitudinal anterior – duramater – espaço subaracnoídeo
. Pele – lig. Interespinhal – lig. Longitudinal posterior – duramater – espaço subaracnoídeo
Uma lesão óssea (fratura) que compromete especificamente o ponto de união (confluência) do frontal, asa maior do esfenóide e parietal, poderá acarretar o que?

. lesão da porção oftalmica do trigêmio
. lesão da porção maxilar do trigêmio
. lesão da artéria carótida interna
. lesão da veia jugular interna
. hemorragia extradural
São dependências durais, EXCETO:

. Tenda do cerebelo
. Seio cavernoso
. Fundo de saco dural raquidiano
. Diafragma da sela túrsica
. Espaço meningeo epidural raquidiano
O nome do forame ósseo localizado imediatamente lateral ao processo clinóide anterior denomina-se de:

. Canal óptico
. Processo Crista Gali
. Forame redondo
. Canal do hipoglosso
. Hiato acústico interno
Onde podemos realizar com segurança uma punção liquórica?

. entre L3 e L4
. entre L1 e L2
. entre C3 e C4
. entre T1 e T2
. entre C6 e C7
Qual a possível consequência de uma lesão isquêmica na artéria cerebral posterior?

. anosmia (perda do olfato)
. cegueira
. paralisia dos músculos da face
. paralisia dos membros inferiores
. paralisia dos membros superiores
Qual dos seios é centrífugo à confluência dos seios?

. seio sagital superior
. seio occipital
. seio reto
. seio transverso direito
. seio cavernoso
Qual dos seios NÃO tem relação direta com a confluência dos seios?

. seio sagital superior
. seio sagital inferior
. seio reto
. seio occipital
. seio transverso
Qual das artérias tem maior área de distribuição e destino funcional?

. cerebral anterior
. cerebral média
. comunicante posterior
. basilar
. cerebral posterior
Qual artéria é lesada no hematoma extradural?

. cerebral anterior
. temporal profunda posterior
. cerebral média
. meningea média
. cerebral posterior
Certo indivíduo recebeu uma vacina antigripal, dias após manifestou alterações sensitivas em membros inferiores, exteriorizando dificuldade em reconhecer objetos ao toque. Foi levantada a possibilidade de lesão nervosa.

. No funículo anterior
. No funículo posterior
. No fascículo cuneiforme
. No funículo lateral
. No fascículo Gracil
Um jovem acometido de poliomielite teve como complicação uma lesão do corno anterior do “H”medular ao nível do segmento medular L4 à esquerda. É previsível constatarmos o que?

. Uma paralisia segmentar flácida do segmento L4 à esquerda
. Uma paralisia segmentar espástica do segmento L4 à direita
. Uma paralisia segmentar flácida do segmento L4 à direita
. Uma paralisia bilateral flácida do segmento L4
Os fascículos próprios medulares (localizados adjascentes a substância cinzenta do H medular) tem por função:

. enviar estímulos ascendentes até o tronco cerebral
. enviar estímulos descendentes para as porções mais inferiores da medula espinhal
. interconectar os segmentos medulares adjacentes
. para inibir os estímulos advindos da raíz posterior
. para modular os arcos reflexos, bloqueando-o
Um indivíduo teve uma isquemia transitória, manifestando após o episódio, desequilíbrio, com dominante alteração da coordenação motora e caminhada oscilante, porém com tônus muscu

. Lobo posterior do cerebelo – lobo frontal e região do hipocampo
. Lobo anterior de cerebelo – lobo frontal e lobo temporal (giro ocipitotemporal medial)
. Lobo flóculo-nodular cerebelar – área anterior do lobo frontal – giro do hipocampo
. Lobo posterior do cerebelo – área frontal ventral ao giro pré-central – região do hipocampo
. Lobo flóculo-nodular cerebelar – área frontal ventral ao giro pré-central – giro colateral
O núcleo do tracto solitário é um extenso núcleo de substancia cinzenta localizado..............................................., relacionado funcionalmente aos aos pares cranianos .............................................

. Bulbo – 9º 10º e 11º pares cranianos
. bulbo – 7º , 9º e 10º pares cranianos
. Bulbo e ponte – 9º e 10 pares cranianos
. ponte – 7º e 9º pares cranianos
. Mesencéfalo – 7º e 9º pares cranianos
Um paciente idoso e hipertenso , manifesta alterações salivares unilaterais + hemiparesia + alterações sensitivas proprioceptivas no braço . Neste individuo poderemos pensar fortemente em:

. Lesão vascular medula envolvendo artéria espinhal posterior
. Lesão isquêmica do tronco cerebral espinhal
. lesão do funículo lateral da medula
. Lesão funicular posterior da medula espinhal
. lesão ao nível da cápsula interna
Certo paciente não consegue reconhecer os objeto ao tato , entretanto com os olhos abertos e adequada visualização tal reconhecimento é efetivado . Numa situação destas a lesão situa-se:

. No lobo frontal
. No lobo parietal
. No lobo occipital
. No funículo posterior da medula espinhal
. No lobo temporal
Um diabético relata na senilidade : visão dupla(diplopia) e fraqueza muscular no movimento ocular para baixo e lateralmente do olho direito. Nesta situação é provável uma lesão:

. a) Do nervo troclear esquerdo
. Do nervo troclear direito
. Do nervo abducente direito
. Do nervo oculomotor esquerdo
. Do nervo oculomotor direito
O fluxo nervoso EFERENTE SIMPÁTICO:

. É restrito aos segmentos medulares de T1 à L2
. Originam-se de corpos de neurônios localizados no corno anterior medular
. Possui fibras nervosas pré-ganglionares que deixam a medula pelas raízes posteriores
. Possui fibras nervosas pré-sinápticas que atingem os gânglios da cadeia látero-vertebral do simpático transitando pelos ramos comunicantes cinzentos
. Nasce do corno lateral do H medular , emerge pelas raízes anteriores da medula espinhal e fazem sinapse nos gânglios espinhais
Uma lesão do feixe espinotalâmico lateral a nível funicular medular , unilateralmente , determina:

. Perda contralateral das sensações do tato e pressão abaixo do nível da lesão
. Perda homolateral das sensações do tato e pressão abaixo do nível da lesão
. Perda contralateral das sensações térmicas e dolorosas abaixo do nível da lesão
. Perda homolateral das sensações térmicas e dolorosas abaixo do nível da lesão
. Perda das sensações vibratórias e reconhecimento de objetos( estereognosia) homolateral a lesão
Qual das regiões da substância branca #NÃO# contém fibras corticoespinhais?

. Pirâmide bulbar
. Coroa radiada
. Porção mais ventral do ramo anterior da cápsula interna
. funículo lateral da medula espinhal
. funículo anterior da medula espinhal
Uma fratura na face lateral do crânio no ponto de união do frontal , asa maior do esfenóide e parietal poderá resultar em decorrência da fratura:

. Lesão da porção oftálmica do 5º par
. lesão da porção V2 do nervo trigemio
. Hipertensão intracraniana
. Lesão da artéria cerebral anterior
. lesão da veia emissária
Dos núcleos da base encefálica de localização mais ventral e medial é o núcleo:

. rubro
. talâmico
. globo pálido
. caudado
. putâmen
A memória remota (antiga/permanente) está dependente e relacionado com:

. Sistema límbico
. Região da insula
. Giros ocipito-temporais medial e lateral
. giros frontais
. substância periaquedutal mesencefálica
Uma lesão do corno anterior do H medular, típico da poliomielite, determina:

. Hipotonia
. Aumentos dos reflexos ( hiperreflexia)
. Hipertonia muscular segmentar
. paralisia espástica
. inversão do reflexo cutâneo plantar (reflexo Babinski)
Os nervos esplâncnicos torácicos menores:

. Fazem sinapse nos gânglios celíacos
. Conduzem fibras Pré-sinápticas
. Nascem do gânglio paravertebral T12
. veiculam impulsos nervosos que a aumentam o peristaltismo
. conduzem ordens nervosas que relaxam os esfincteres
Um motociclista sofreu uma queda com trauma craniano com hemorragia. Na evolução, há sonolência , desvio ocular no olho direito, midriase à direita, reflexo fotomotor ausente no olho direito e sinais e sintomas sugestivos

. Compressão do tronco cerebral
. Fratura do esfenóide
. Obstrução do aqueduto cerebral por coágulo sanguineo
. lesão do 3º par esquerdo
. lesão do 4º par direito
Um aidético foi acometido por Herpes zoster envolvendo a porção oftálmica do trigêmio. Tal enfermidade exterioriza erupção vesicular cutânea. Neste caso ESPECÍFICO haverá erupç&ati

. Na testa , dorso do nariz e pálpebra superior
. Na testa , dorso e asa do nariz e pálpebras (superior e inferior )
. Dorso do nariz , lábio superior e maçã do rosto
. Dorso do nariz , asa do nariz , pálpebras superior e inferior e maçã do rosto
. Toda a hemiface homolateral ao 5º par envolvido
Criança recém nascida exterioriza desvio mono-ocular, estando o globo ocular direito desviado para dentro (medialmente) e para cima. Neste quadro é muito provável uma lesão:

. Do 3º par direito
. Do 3º par esquerdo
. Do 6º Par direito
. do 4º par direito
. do 4º par esquerdo
Uma lesão unilateral do uncus do hipocampo determina:

. Alterações visuais
. Alterações olfatórias
. Alterações no equilíbrio
. alterações gustativas
. alterações auditivas
Um individuo manifesta dores lancinantes no face ,à direita , em topografia do ramo da mandíbula. Ao solicitar que abra a boca , constata-se desvio da mandíbula para a direita da linha média. Nesta situação &eacu

. Lesão da porção mandibular do trigêmio do lado direito
. Lesão da porção mandibular do trigêmio do lado esquerdo
. Lesão da porção maxilar do trigemio do lado direito
. Lesão da porção maxilar do trigemio do lado esquerdo
. Lesão do nervo hipoglosso direito e irritação nervosa da porção V2 do trigêmio direito
Certo paciente sofreu uma queda , vindo a bater fortemente com a protuberância occipital externa no solo. Ao ser avaliado constata-se AUSENCIA de fraturas , porém há alterações visuais à direita. Neste caso podere

. Uma contusão cerebral do lobo occipital direita
. Uma contusão cerebral do lobo occipital esquerdo
. Uma lesão do tracto óptico direito
. uma lesão do tracto óptico esquerdo
. uma lesão da artéria central da retina
As fibras nervosas autônomas simpáticas destinadas a cabeça e os diversos órgãos cranianos:

. Distribuem-se através da adventícia dos ramos da carótida
. Nascem no corno lateral do H medular cervical
. Partem da cadeia látero-vertebral do simpático , do gânglio cervical inferior
. Nascem da medula espinhal torácica , segmentos T4 e T5
. Transitam nos ramos comunicantes cinzentos que conectam o nervo espinhal e a cadeia látero-vertebral
O tronco cerebral, mais especificamente o bulbo:

. Aloja o complexo nervoso denominado de sistema reticular de ativação ascendente (SARA)
. Aloja o núcleo principal do nervo trigêmio
. Situa-se dorsalmente ao cerebelo
. Aloja o núcleo lacrimal
. Contém o colículo do facial
No assoalho do prolongamento inferior do ventrículo lateral, encontramos uma estrutura importante, denominada de:

. giro temporal médio
. corpo amigdalóide
. corpo geniculado lateral
. giro supramarginal
. hipocampo
As estruturas anatômicas localizadas na transição entre os ventrículos laterais e o 3º ventrículo e entre este e o 4º ventrículo são chamadas respectivamente:

. forame de Monro e aqueduto cerebral
. granulações aracnoídeas e veia cerebral interna
. forame de Luschka e comissura posterior
. recesso óptico e forame de Magendie
. haste hipofisária e cerebelo
O núcleo ambíguo é um extenso núcleo de substância cinzenta relacionado com:

. a gustação
. a olfação
. a visão em 3D e em profundidade
. a salivação
. a motricidade da deglutição
O corpo estriado e a cápsula interna são vascularizados PRINCIPALMENTE pela artéria:

. cerebral anterior
. cerebral média
. cerebral posterior
. carótida interna
. vertebral
A face inferior do lobo frontal,apresenta o sulco olfatório,no qual está alojado,de cada lado o bulbo e o tracto olfatório,do 1º par craniano.Qual o giro que fica compreendido entre o sulco olfatório e a fissura inter-hem

. giro frontal inferior
. giro orbitário lateral
. giro angular
. giro frontal medial
. giro reto
Um homem de 44 anos, com contusões faciais múltiplas, manifesta perda na sensibilidade da córnea sem defeitos visuais tais como: (Perda da visão, diplopia, perda dos movimentos oculares), qual nervo, mais provavelmente foi lesa

. Frontal
. Nasociliar
. óptico
. Oculomotor
. Infraorbital
Paciente se submete a cirurgia para reparação de trombose em artéria carótida interna. Após o procedimento o paciente exibe miose + ptose (Queda) da pálpebra. Qual estrutura está comprometida?

. Nível C4 da medula espinhal
. Gânglio ciliar
. Nervo frontal
. Plexo carotídeo interno
. Nervo oculomotor
Homem de 23 anos sofreu um traumatismo no lado direito da cabeça. Ele queixa-se que o olho direito está seco e com sensação de queimação. Radiografias revelam fratura do zigomático, indicando possibilidade

. Gânglio ciliar
. Gânglio óptico
. Gânglio pterigopalatino
. Gânglio submandibular
. Gânglio cervical superior
Um paciente revela perda auditiva do ouvido esquerdo. O exame físico revela perda de paladar na porção anterior da língua. Realiza uma tomografia revelando um tumor na cabeça. O tumor se localiza mais provavelmente adjac

. Forame oval
. Forame redondo
. Poro acústico interno
. Forame jugular
. Forame estilomastóideo
Um indivíduo com lesão do nervo troclear determina:

. Diplopia (visão dupla) mamfesta no olho contralateral ao nervo troclear lesado
. Desvio ocular com o olho desviado para fora e para baixo
. Incapacidade de olhar para fora e para baixo
. Comprometimento ocular do lado oposto ao núcleo de substância cinzenta do nervo troclear lesado
. As alternativas a), c) e d) estão corretas
As síndromes cerebelares PALEOCEREBELARES, com base anatômica, exteriorizam-se marcantemente por:

. Alterações no equilíbrio
. Alterçãoes na coordenação motora
. Vertigens e movimentos oculares incontroláveis denominados de nistagmo
. Perturbações do mecanismo de postura corporal e tônus muscular
. Perturbações no planejamento, iniciação e regulação dos movimentos
O termo agnosia é a incapacidade de reconhecimento e o dos estímulos sensitivos. A AGNOSIA pode ser visual, auditiva e tátil. A AGNOSIA TATIL é a incapacidade de reconhecer objetos pelo tato. Nesta manifestação cl

. No hipocampo bilateral.
. No lobo frontal homolateral.
. No lobo frontal contralateral.
. No lobo parietal homolateral.
. No lobo parietal contralateral.
Os principais tractos ou vias ascendentes do bulbo são:

. Corticoespinhal e corticonuclear.
. Rubroespinhal e reticuloespinhal.
. Espinocerebelar direto e cruzado.
. Espinotalamico anterior e lateral
. Fascículo grácil e cuneiforme.
Um paciente foi atingido por uma pedra na parte lateral da cabeça durante uma briga numa saída do futebol. Após descansar por alguns minutos e observar inchaço na região, dirigiu-se para casa. Três horas apó

. Tumefação cerebral – lesão art. cerebral média
. Disturbio vaso motor – cerebral transitório
. Contusão frontal – lesão de veias em ponte
. Hematoma subdural subagudo – lesão de veias em ponte
. Hematoma extradural – lesão da art. meningea média
A Atetose significa movimentos involuntários, arritmicos e contínuos que são sempre iguais no mesmo paciente e desaparecem durante o sono e prejudicam os movimentos voluntários. A Atetose ocorre em lesões:

. Corpo estriado
. Núcleo Ambíguo
. Tálamo
. Núcleo Rúbro
. Substância Cinzenta
A Doença de Alzheimer é uma enfermidade degenerativa de causa desconhecidas com evidências de predisposição genética familiar. O diagnóstico é clínico e evolutivo. A perda de memória pre

. Giro do cíngulo
. Cápsula interna
. Córtex cerebral e coroa radiada
. Hipocampo
. Núcleos da base
Um indivíduo de meia idade manifestou episódio agudo de perda dos sentidos (desmaio). Ao recuperar a consciência observa extrema dificuldade na articulação da fala. Em tal circunstância o local provável de le

. Giro temporal superior direito
. Giro temporais transversos do hemisfério dominante
. Giro frontal inferior do hemisfério não dominante
. Giro frontal inferior, área de broca, no hemisfério dominante
. No córtex pré-frontal do lobo frontal
Mulher de 60 anos foi atendida no ambulatório porque apresentou diplopia (visão dupla) súbita. O problema ocorreu repentinamente. Não havia outros sintomas. Após exame físico completo, verificou-se que o olho dire

. Lesão do 3°par
. Lesão do 4°par
. Lesão do 5°par
. Lesão do 6°par
. Lesão do 7°par
Um jovem realizou um esforço abusivo, tentando elevar um veículo pelo para-choque. Durante o esforço físico exteriorizou forte dor dorsal irradiado pela face lateral da perna direita. O RX não mostrou alteraç&otil

. L4
. L5
. S3
. L3
. S2
As seguintes declarações relacionam as sensações com as vias nervosas apropriadas:

. A discriminação tátil entre dois pontos segue no trato espinotalâmico lateral
. A dor segue no trato espinotalâmico anterior
. A sensação musculoarticular inconsciente segue no trato espinocerebelar anterior
. A pressão segue no trato espinotalâmico posterior
. A vibração segue no trato espinocerebelar posterior
O tálamo é constituído por inúmeros núcleos de substância cinzenta.Como denomina-se o importante núcleo talâmico , relé (estação) das vias sensitivas para os impulsos de tato proto

. núcleo ventral anterior
. núcleo ventral pósteromedial
. núcleo ventral mediano
. núcleo ventral intermédio
. núcleo ventral pósterolateral
Uma mulher com diplopia, visão dupla, manifesta desvio ocular do olho direito quando realiza abdução do olho esquerdo. Qual nervo está afetado?

. 6º par
. Ramo inferior do 3º par
. Ramo inferior do 3º par
. Quarto par
. Nenhum dos pares anteriores
São achados clínicos nas lesões restritas aos tratos descendentes cortico-espinhais piramidais:

. Paralisia Grave – Espasticidade muscular – Exacerbação dos Reflexos – Reação de Canivete
. Paralisia Grave – Hipotonia muscular – Hiporreflexia
. Paresia – Hipertonia muscular – Hiperreflexia
. Paralisia – Hipertonia – Arreflexia
. Paralisia – Espasticidade muscular – Hiporreflexia
A “síndrome da medula anterior” é uma afecção medular determinada pela contusão medular durante uma fratura ou luxação vertebral, ou por pressão da artéria medular anterior com con

. Paralisia espástica bilateral – atrofia muscular – perda das sensibilidades dolorosa e térmica e tato leve.
. Paralisia flácida bilateral – perda da sensibilidade termoalgéscia
. Paralisia unilateral – espasticidade – hiperreflexia.
. Paralisia bilateral – Atrofia muscular – hiperreflexia – perda da sensibilidade táctil.
. Paralisia flácida bilateral – Atrofia muscular – arreflexia – perda da sensibilidade vibratória
A poliomielite é uma infecção neurologica viral que afeta o segundo neuronio da via piramidal corticoespinhal. De tal comprometimento resultará:

. Paralisia espastica+arreflexia+hipertonia muscular
. Paralisia flácida+arreflexia+hipotonia muscular
. Paralisia+hiperreflexla+hipotonia muscular
. Paralisia+espasticidade+hiporreflexia+atonia muscular
. Paralisia flácida+ hiporreflexia+ hipertonia muscular
Um indivíduo sofreu uma hemorragia ao nível da cápsula Interna esquerda. Em tal paciente, o seguinte sintoma ou sinal poderá estar presente:

. Hemiplegia esquerda
. Astereognosia (perda da capacidade de reconhecer objetos pelo tato) à direita.
. Hemianopsia homônima esquerda
. Fala normal
. Sinal de Babinski no lado esquerdo
Assinale a alternativa CORRETA.

. Na face posterior do bulbo,adjacente ao término do sulco mediano posterior, localiza-se o obex
. Em cada lado da linha media,há uma tumefaçâo ovóide denominada de oliva, que contem as fibras corticoespinhais
. O nervo hípoglosso emerge entre a oliva e o pedúnculo cerebelar inferior
. O nervo vago emerge entre a pirâmide e a oliva
. O nervo abducente emerge entre a ponte e o mesencéfalo
Os hemisférios cerebrais geralmente apresentam um padrão de dominância. Relativo ao fato de dominância poderemos deduzir corretamente que:

. Na maioria das pessoas o hemisfério dominante é o direito
. Geralmente a fala e a compreensão da linguagem falada e escrita são controlados pelo hemisfério esquerdo
. Nos indivíduos canhotos a situação se inverte e o hemisfério dominante passa a ser o esquerdo
. O sono tem controle e coordenação pelo hemisfério dominante, geralmente o esquerdo
. Em decorrência da dominância hemisférica, resulta que os hemisférios cerebrais morfologicamente passam a ser diferentes, assimétricos
Um indivíduo manifesta perda da capacidade de produzir a fala (afasia expressiva) e incapacidade de ler (alexia). Tal Indivíduo tem lesão:

. No cerebelo
. No hipotálamo
. No giro frontal inferior esquerdo (área de Broca) e no giro angular do hemisfério dominante
. Nas áreas de Broca e Wernicke, localizadas no hemisfério direito do lobo frontal, giro frontal inferior
. No cortex do giro pré-central no hemisfério dominante
Paciente com lesão traumática da metade esquerda (funiculo lateral) da medula espinhal ao nível do oitavo segmento cervical pode apresentar o seguinte sinal/sintoma:

. Perda da sensação de dor e temperatura do lado esquerdo abaixo do nível da lesão
. Perda da sensação proprioceptiva na perna direita
. Hemiplegia direita
. Sinal de Babinski no lado esquerdo
. Paralisia do neurônio motor inferior a direita no segmento da lesão e atrofia muscular
Relativo a porção interior da porção superior do bulbo podemos afirmar corretamente que:

. A formação reticular consiste em fibras nervosas e não contém células nervosas
. O núcleo ambíguo constitui os núcleos motor dorsal do vago e a parte craniana do nervo acessório espinhal
. Embaixo do assoalho do 4° ventrículo estão localizados o nucleo posterior do nervo vago e os núcleos vestibulares
. O fascículo longitudinal medial é um feixe de fibras ascendente a cada lado da linha média
. O pedúnculo cerebelar inferior conecta a ponte ao cerebelo
A porção interna do mesencéfalo apresenta várias estruturas dos quais é correto afirmarmos que:

. O teto é a aparte situada posteriormente ao aqueduto do mesencéfalo
. O pilar do cérebro de cada lado é posterior a substância negra
. O tegmento é anterior a substância negra
. A substância cinzenta central circunda os núcleos rubros
. A formação reticular limita-se a parte inferior do mesencéfalo
O hipotálamo:

. Não tem influencia nas atividades nos sistemas autônomo e endócrino
. Recebe poucas fibras sensitivas viscerais e somáticas
. Envia fibras eferentes para os tratos eferentes simpáticos e parassimpáticos no encéfalo e na medula espinhal
. Não auxilia na regulação do metabolísmo da água
. Não tem qualquer papel no controle das emoções
Uma lesão ao longo do tracto óptico direito, determina:

. cegueira completa no olho direito
. Hemianopsia bitemporal
. Hemianopsia homonima esquerda
. Hemianopsia homonima direita
. Cegueira completa do olho esquerdo
A inervação parassimpática que controla a glândula salivar parótida origina-se:

. No nervo facial
. No nervo oculomotor
. No nervo vago
. No núcleo salivatório inferior
. No nervo glossofaríngeo
A área encefálica delimitada pelos sulcos COLATERAL e OCCIPITOTEMPORAL, denomina-se de:

. Giro lingual
. Giro occipitotemporal
. Giro do hipocampo ou para hipocampal
. Giro temporal inferior
. Giro colateral
Uma senhora idosa e hipertensa tem como história pregressa a recorrência de cefaléias. Ao submeter-se a uma Angiorresonância magnética vásculo-cerebral diagnosticou uma dilatação aneuristmática

. No tr. Basilar
. Na Art. Vertebral
. Na Art. Carótida interna
. Na art. Cerebral posterior
. Na art. Comunicante anterior
São ramos da art. Carótida interna:
1. Art. Oftálmica
2. Art. Comunicante posterior
3. Art. Coroidea
4. Art. Cerebral posterior
5. Art; cerebral media
6. Art. Comunicante anterior

. 1, 2, 3, 4, 5 e 6 corretas
. 1, 2, 3, 4 e 5 corretas
. 1, 2, 4 e 5 corretas
. 2, 3, 4 e 5 corretas
. 2, 4 e 5 corretas
. 1, 3, 5 e 6 corretas
. 2, 4, 5 e 6 corretas
. 1, 3, 4 e 6 corretas
As artérias cerebrais apresentam distribuições e irrigações de áreas encefálicas muito especificas. Uma oclusão da artéria cerebral posterior pode produzir os seguintes sinais e sintomas:

. Alterações olfatórias – alterações motoras somáticas em membro inferior – alterações memoria visual
. Alterações de humor – perturbações olfatórias – alterações visuais maculares
. Alterações na memoria tardia – alterações sensitivas gerais – alterações olfatórias
. Alteração do campo visual – paralisia no pé – alterações sensoriais
. Alterações no campo visual (hemianopsia homônima contralateral) – perda da capacidade de reconhecer objetos pela visão (agnosia visual) quando compromete o lado esquerdo encefálico – déficit de memoria
Patologias vasculares ateroscleróticas são frequentes e usualmente com repercussões e manifestações homolaterais. Excepcionalmente tais afecções podem manifestar sinais e sintomas bilaterais, tanto motor co

. Vertebral
. Basilar
. Cerebral posterior
. Cerebral anterior
. Cerebral média
. Carótida interna
Uma mulher de 40 anos foi diagnosticada com uma lesão vascular no mesencéfalo. No exame físico há: paralisia dos músculos oculares esquerdos (exceto o obliquo superior e reto lateral), ausência de reflexo fotomotor

. Envolvimento da art. Cerebral posterior, com envolvimento do 3º par , subst. Negra e pedúnculo cerebral a esquerda
. Envolvimento do tr. Basilar, comprometendo as fibras corticonucleares para o n. facial, hipoglosso e trigêmeo esquerdos
. Envolvimento da art. Cerebral media, comprometendo n. oculomotor, facial e hipoglosso esquerdos
. Envolvimento da art. Cerebral anterior, comprometendo os nervos facial, troclear e hipoglosso
. Envolvimento dos tratos corticonucleares para o 3º, 7º e 12º pares esquerdos, estendendo-se ao pedúnculo cerebral direito
As seguintes declarações dizem respeito a síndrome bulbar lateral, assinale a correta.

. O núcleo ambíguo pode ser lesado
. O distúrbio pode ser causado por trombose da art. Cerebelar inferior anterior
. Pode haver analgesia e termoanestesia no lado contralateral da face
. Pode ocorrer hipoalgesia e termoanestesia contralateral no tronco e membros
. Pode haver alterações de memoria
Relativo as estruturas nervosas podemos afirmar corretamente:
1. A subst. Negra esta implicada funcionalmente ao controle do tônus muscular
2. O núcleo rubro é um globoso núcleo de subst. Cinzenta mesencefalico conectado ;func

. 1-2-3 corretas
. 1-2 corretas
. 1-3 corretas
. 2-3 corretas
. só 1 correta
. só 2 correta
. só 3 correta
. nenhuma correta
Um jovem foi acometido pela poliomielite, sendo comprometido o corno anterior do H medular do segmentos L2,L3 E L4. É de observarmos em tal situação:

. hiperreflexia destes segmentos
. Sinal de Babinski
. concomitante alteração propriosensitiva
. espasticidade muscular
. arreflexia segmentar
Os impulsos nervosos autônomos atingem a glândula parótida através do nervo:

. corda do tímpano
. lingual
. esfenopalatino
. intermédio do facial
. aurículo-temporal
A área cerebelar localizada adiante da fissura prima encarrega-se:

. do controle do equilíbrio
. do controle da coordenação motora
. do controle dos movimentos voluntários
. do controle proprioceptivo inconsciente
. do controle do tônus muscular
Indivíduo levou uma pancada na face lateral do crânio, adjacente ao poro acústico externo. Houve lesão óssea na região da fissura petrotimpânica do osso temporal. É esperado pós:

. Lesão do N. corda do tímpano
. Lesão do N. facial
. Lesão da art. Carótida interna
. Lesão da art. Meningia média
. Lesão do seio venoso dural lateral
A região do lobo occipital denominada cúneo encarrega-se da função:

. Visual
. Auditiva
. Olfativa
. Sensitiva geral
. Motricidade somática
. Memória
O giro do cíngulo tem como função:

. A condução de impulsos olfativos e gustativos
. A condução de impulsos proprioceptivos conscientes
. A condução de impulsos proprioceptivos inconscientes
. O envolvimento das emoções
. O envolvimento da fala
. O envolvimento da escrita
Um indivíduo foi acometido com lesão funicular posterior, determinado por afecção neurológica de etiologia desconhecida determinada Síndrome de Guillian Barret. Nesta situação é de se prever:

. Alteração sensitiva térmica
. Alteração da sensibilidade do trato protopático
. Alteração da sensibilidade vibratória e tato epicrítico
. Alteração motora extrapiramidal
. Alteração da sensibilidade dolorosa
. Alteração motora contralateral
Os vasos arteriais encefálicos (artérias cerebrais) distribuem-se no espaço:

. Epidural
. Subdural
. Subaracnóideo
. Subpial
. Entre os folhetos durais
. Intradural
Certo indivíduo com abcesso (furúnculo) no ouro cabeludo em área adjacente a sutura biparietal manifestou como complicação uma meningo-encefalite. O fato se explica (mais provavelmente):

. Por disseminação liquórica
. Por contaminação do seio sagital superior
. Por disseminação venosa via veia emissária
. Por lesão óssea e contaminação por contiguidade contaminante
. Por disseminação via artéria meníngica médica
. Por disseminação via veia jugular interna
Um alcoólatra inveterado teve lesão cerebelar comprometendo o lobo anterior do cerebelo. Deste fato resultará, mais marcadamente:

. Alterações da coordenação motora
. Alterações do tônus muscular
. Alterações de equilíbrio
. Nistagmo (movimentos oculares)
. Perda de sustentação do tronco
. Perda da sustentação dos membros
Um indivíduo sofreu uma lesão cerebelar acometendo ambos flóculos cerebelares. É de se esperar neste indivíduo severa perturbação:

. do equilíbrio
. da coordenaçao motora
. do tônus muscular
. da sensibilidade vibratória
. da propriocepçao inconsciente
Após uma fratura do esfenóide ao nível da fissura supra-orbital, certo paciente manifestou: DIPLOPIA, DESVIO OCUPAR PARA FORA, IMPOSSIBILIDADE DE OLHAR MEDIALMENTE. É de se supor uma lesão nervosa do?

. 3º par
. 4º par
. 5º par
. 6º par
. 7º par
. 8º par
A dura máter da fossa craniana posterior infratentorial é inervada sensitivamente:

. Pela porção oftálmica do 5º par
. Pela porção maxilar do 5º par
. Pela porção mandibular do 5º par
. Pelo nervo recorrente meníngeo de C1
. Pela porção espinhal do N. acessório espinhal
. Pelo nervo recorrente do N. acessório espinhal
Os nervos esplâncnicos torácicos menores, usualmente fazem sinapse:

. Na cadeia látero-vertebral do simpático lombar
. Na cadeia látero-vertebral do simpático torácico
. Nos gânglios autônomos aórtico renais
. Nos gânglios autônomos celíacos
. Nos gânglios autônomos mesentéricos inferiores
Uma lesão medular pode acarretar inúmeras disfunções, onde a perda do tato epicrítico é a típica lesão:

. Do funículo anterior
. Do funículo lateral
. Do funículo posterior
. Do corno posterior do H medular
. Na barra do H medular
. Do corno intermédio-lateral do H medular
O nervo glossofaríngeo tem origem APARENTE _____________, emerge da base do crânio pelo FORAME ___________ e destina-se funcionalmente (MOTOR VISCERAL) para __________.

. Sulco retro-olivar – jugular – glândula parótida
. Sulco pré-olivar – jugular – plexo faríngico
. Sulco retro-olivar – lácero – glândula parótida
. Sulco ponto-mesencefálico – jugular – gândula parótida
. Sulco retro-olivar – lácero – plexo faríngico
Os tumores hipofisários determinantes de grandes aumentos de volume da glândula, exteriorizam PRECOCEMENTE:

. Hemianopsia bitemporal
. Hemianopsia binasal
. Hemianopsia nasal e temporal
. Cegueira de um dos olhos
. Alterações de quadrantes visuais
. Anopsia de olho direito
Um jovem sofre uma agressão por arma de fogo, tendo o projétil atingido a região lombar, ao nível da 4º vértebra lombar. Deste fato resultará mais PROVAVELMENTE:

. Lesão medular
. Lesão da raiz posterior de S1
. Lesão do cone medular
. Lesão da cauda equina
. Lesão do filamento terminal
. Lesão do fundo do saco dural
Certo paciente hipertenso sofreu uma crise hipertensiva severa com hemorragia cerebral intraparenquimatosa ao nível dos núcleos da base. É de se prever neste paciente:

. Hemiplegia homolateral
. Hemiplegia contralateral
. Hemiparesia homolateral
. Hemiparesia contralateral
. Paralisia de toda hemiface contralateral + hemiplegia contralateral
Qual o giro que forma a área ínfero-lateral do cérebro?

. Giro temporal superior
. Giro temporal médio
. Giro occipito-temporal lateral
. Giro occipital lateral
. Giro temporal inferior
A estrutura nervosa encarregada de manter o indivíduo acordado (em vigília) é o:

. Lócus coeruleus
. Corpo trapezoidal
. Decussação piramidal
. Lemnisco medial
. Sistema reticular ascendente
Assinale a alternativa CORRETA.

. O processo transverso das vértebras cervicais é bífido
. O processo transverso das vértebras lombares tem fóvea costal
. Nos processos transversos das vértebras torácicas há o tubérculo mamilar
. O forame vertebral é mais amplo nas vértebras cervicais, se comparado com as vértebras lombares
. No processo transverso das vértebras cervicais há um forame, denominado Fo. Vertebral, onde transita a A. Vertebral
Os impulsos nervosos que conduzem a sensibilidade estereogonista (reconhecimento de objeto) são veiculados ascendentemente pelo:

. Funículo anterior
. Funículo lateral
. Funiculo posterior
. Corno anterior do H medular
. Corno posterior do H medular
. Corno lateral do H medular
O Sistema Reticular de Ativação Ascendente (SARA) é:

. Um sistema cinzento periaquedutal, localizado no mesencéfalo
. Um sistema multinuclear localizado no mesencéfalo
. Um complexo multinuclear distribuído no tronco cerebral
. Sistema estimulador do córtex cerebelar para a manutenção do tônus e indução do sono
. Um sistema funcionalmente complexo, existente no cerebelo, para manutenção do tônus muscular e coordenação do equilíbrio
O núcleo motor somático do sétimo par, localiza-se:

. No colículo do facial
. Na face posterior do bulbo
. No assoalho do quarto ventrículo, entre o colículo do facial e os núcleos vestíbulos cocleares
. No triangulo inferior do quarto ventrículo, adjacente as estrias medulares
. No triangulo inferior do quarto ventrículo, adjacente aos núcleos salivatório sup. E inferior
São estruturas HIPOTALÂMICAS, EXCETO:

. Túber cinério
. Quiasma óptico
. Hipófise
. Comissura branca anterior
. Trígono das habênulas
Uma lesão nuclear no nervo facial que afeta exclusivamente o núcleo motor superior do Nervo facial, determina:

. Paralisia de toda a hemiface, homolateral a lesão
. Paralisia de toda a hemiface, contralateral a lesão
. Paralisia da metade superior da face, homolateral a lesão
. Paralisia da metade superior da face, contralateral a lesão
. Paralisia da metade inferior da face, homolateral a lesão
. Paralisia da metade inferior da face, contralateral a lesão
. Não tem como prevermos se será homolateral ou contralateral. Porém, certamente será da metade inferior
3. Certo paciente com recorrentes e intensas crises de cefaleia, vem manifestando concomitantemente alucinações olfatórias e alterações de memória e comportamento. Neste paciente poderemos pensar fortemente em:

. Tumor no lobo frontal
. Tumor do hipocampo
. Tumor do giro do cíngulo
. Tumor do lobo parietal
. Tumor do hipotálamo
As seguintes declarações dizem respeito a dominância cerebral. Assinale aquela que relata uma afirmação correta.

. Mais de 90% da população adulta é destra e portanto o seu hemisfério dominante é o esquerdo
. Os giros corticais dos hemisférios dominantes e não dominantes exibem arranjo neuronal diferente
. Em cerca de 96% da população adulta o hemisfério direito é dominante para a fala
. O hemisfério não-dominante interpreta a lateralidade da mão (destreza, ou não), a percepção da linguagem e a fala
. Só após a puberdade, a dominância dos hemisférios cerebrais se torna fixa
Uma senhora manifestou súbita paralisia ocular tipicamente manifesta por envolvimento do 3º par craniano. Concomitantemente e oftalmoplegia (paralisia) relatava cefaleia intensa. Numa circunstância destes é fortemente prová

. Um aneurisma compressivo de art. Comunicante posterior do polígono da base do cérebro
. Um aneurisma compressivo de art. Cerebral anterior
. Um aneurisma compressivo de art. Cerebral posterior
. Um tumor hipofisário
. Um tumor da gl. Pineal
. Uma obstrução de aqueduto cerebral
9. Uma senhora manifestou surdez, tinidos (acúfenos – ruídos adventícios), vertigens + sinais de fraqueza muscular facial homolateral as manifestações auditivas, exteriorizada por paralisia facial de toda hemiface.

. Tumor de meato acústico interno
. Aneurisma de art. Cerebral posterior
. Tumor de gl. Pineal
. Lesão no canal do facial
. Lesão no fo. Estilomastoídeo
. Lesão dentro da gl. Parótida
Dos ramos arteriais a seguir qual não compõe o polígono de Willis (da base do cérebro)?

. cerebral anterior
. comunicante anterior
. comunicante posterior
. carótida interna
. cerebral média
. cerebral posterior
Paralisia do nervo facial determinada por lesão nervosa dentro da glândula parótida determina:

. Paralisia de toda hemiface homolateral
. Paralisia da metade superior da hemiface homolateral
. Paralisia da metade inferior da hemiface homolateral
. Paralisia da metade inferior da hemifase homolateral mais alterações gustativas e lacrimais
. Paralisia da metade inferior da face contralateral mais alterações gustativas e lacrimais
Uma senhora veio à consulta médica, queixando-se de cefaleia, desorientação, alterações de memória, diminuição do libido sexual, dificuldade de reconhecer parentes... E de se supor uma les&ati

. do lobo frontal
. do lobo temporal
. do lobo parietal
. do lobo occipital
. do giro do cíngulo
Senhora portadora de câncer de ovário teve como complicações metástases (invasões) cerebrais envolvendo ambos hipocampos. Neste caso é de se supor a manifestação de:

. Alucinaçoes visuais
. Alucinaçoes auditivas
. Alucinaçoes gustativas
. Lapsos de memória (amnésia)
. Alteraçoes motoras extrapiramidais
A art. Cerebral posterior tem intima relação de proximidade com:

. Substancia perfurada anterior
. Substancia perfurada posterior
. N. trigêmeo
. Art. Espinhal anterior
. Os corpos mamilares
Assinale a estrutura de substância branca que separa o CLAUSTRUM do PUTAMEN.

. cápsula interna
. Coroa radiada
. lâmina medular medial
. cápsula extrema
. cápsula externa
O colículo do facial é discreta elevação arredondada no assoalho do 4º ventrículo. Como é formado o colículo do facial?

. pelo núcleo do motor facial
. pelo núcleo do óculomotor
. pelas fibras do abducente contornando o núcleo facial
. pelo núcleo do troclear
. pelo núcleo do abducente
Qual o fascículo da medula espinhal que é o substrato anatômico da VIA DA PRESSÃO DO TATO PROTOPÁTICO?

. espinotalamico lateral
. rubro espinhal
. grácil e cuneiforme
. espino cerebelar
. espinotalamico anterior
Pelo braço do colículo INFERIOR estabelece-se a ligação entre os neurônios 3 e 4 da via de condução nervosa específica, este neurônio 4 situado no:

. no colículo superior
. nos núcleos talâmicos anteriores
. no núcleo rubro
. no corpo geniculado lateral
. no corpo geniculado medial
Das estruturas telencefálicas que delimitam ANTERIORMENTE o terceiro ventrículo, encontramos:

. comissura das habenulas
. corpo mamilar
. túber cinéreo
. fórnix
. lâmina terminal
Como se denomina a estrutura que ocupa o espaço entre o corpo caloso e os fórnices?

. cavo pelúcido
. indisium griseum
. coroa radiada
. tapetum
. septo pelúcido
A oliva bulbar:

. corresponde a corpos neuronais mesencefalicos
. é um núcleo de substancia cinzenta do bulbo
. situa-se na face dorsal do bulbo
. relaciona-se com os reflexos visuais
. situa-se na face postero-superior do cerebelo
Após uma queda sentado foi constatado fratura com deslocamento posterior do corpo da 4ª vertebra lombar. Foi indicado imediata imobilização, dado resco de:

. compressao medular
. compressao do cone medular
. instabilidade raquidiana
. compressao do filamento terminal
. lesao do ligamento interespinhoso
Um individuo teve uma lesão nervosa que envolveu ambos os coliculos inferiores. Neste individuo é de se prever um comprometimento funcional:

. Dos reflexos gustativos
. Da via olfatória
. Da via óptica
. Dos reflexos auditivos
. Das vias motoras viscerais
Uma menina desenvolveu súbita alteração sensorial (diminuição da sensibilidade em area bem delimitada de mais ou menos 10 cm de circunferência na face anterior da coxa). A motricidade e os reflexos tendinosos estav

. Periférica, cutânea, atingindo os receptores
. Periférica, do nervo sensitivo, ramo do nervo femural
. Medular, envolvendo a raiz posterior
. Funicular lateral, envolvendo o feixe espinotalamico
. Funicular posterior, envolvendo o feixe espinocerebelar





Comentários

Crie o seu propio teste grátis.
Criarteste.com não se responsabiliza pelo conteúdo publicado pelos usuários.
Usamos as cookies para personalizar os anúncios e analizamos o tráfego web para melhorar nosso conteúdo. Nós compartilhamos essas informações com Google Analytics, Adsense e Google+. O nosso site e Google usam essas informações para fornecer serviços melhores.Ok   Uso das cookies Google