crear test y ex├ímenes   Fast quiz maker   creare esami e test online   Creer test
Criar testes e exames online
 

Criar Teste

Ver outros Testes

ver comentários

Bioquímica I - P2

Teste das unidades; 5, 6, 7 e 8.

1) Sobre as biomoléculas celulares, assinale a alternativa correta:

. a) Todos os lipídeos são formados por cadeias de ácidos graxos.
. b) A principal função das proteínas é armazenar energia.
. c) Os carboidratos são formados por cadeias de açúcares.
. d) Os nucleotídeos são formados por cadeias de aminoácidos.
. e) A estrutura tridimensional das biomoléculas não interfere em suas funções.
2) Sobre o catabolismo, é correto afirmar que:

. a) Ocorre a formação de biomoléculas.
. b) É um processo que requer energia (ATP, NADH, FADH2).
. c) Ocorre a degradação de biomoléculas, como lipídeos, carboidratos e proteínas.
. d) É um processo que retira energia da luz do sol.
. e) Ocorre a hipertrofia muscular.
3) Para que ocorra a síntese de macromoléculas (anabolismo), é necessário:

. a) ATP, NADH e FADH2.
. b) Proteínas e carboidratos.
. c) Energia luminosa.
. d) Lipídeos.
. e) Somente proteínas.
4) Uma pessoa com câncer avançado normalmente apresenta sintomas de perda de peso e fadiga. Esse processo é conhecido como caquexia do câncer. Nesse contexto, qual via metabólica que está ativada nessa situaç

. a) Anabolismo.
. b) Catabolismo.
. c) Anfibolismo.
. d) Vias cíclicas.
. e) Vias de síntese.
5) A glicose constitui a principal fonte de energia na maioria dos tecidos. Por qual via a glicose é metabolizada a piruvato?

. a) A glicose é metabolizada a piruvato pela via da glicólise.
. b) A glicose é metabolizada a piruvato pela via da gliconeogênese.
. c) A glicose é metabolizada a piruvato pela via da glicogenólise.
. d) A glicose é metabolizada a piruvato pela via da glicogênese.
. e) A glicose é metabolizada a piruvato pela via da lipólise.
6) A sacarose é um dissacarídeo composto pela união de uma molécula de glicose e uma de frutose. Na célula muscular, a principal via de entrada da frutose na glicólise é através de fosforilaç&

. a) Serão produzidas cerca de 2 moléculas de ATP por molécula de sacarose.
. b) Serão produzidas cerca de 30 a 32 moléculas de ATP por molécula de sacarose.
. c) Serão produzidas cerca de 60 a 64 moléculas de ATP por molécula de sacarose.
. d) Serão produzidas cerca de 4 moléculas de ATP por molécula de sacarose.
. e) Serão produzidas cerca de 3 moléculas de ATP por molécula de sacarose.
7) Você descobre uma levedura que cresce em meio anaeróbico rico em di-hidroxiacetona-fosfato. Ao analisar estas amostras, você observa que o meio contém altas concentrações de lactato e que as células s&atil

. a) Serão produzidos 2 moles de ATP, 1 mol de NADH e 1 mol de piruvato por mol de di-hidroxiacetona-fosfato. O NADH será oxidado a NAD+ através da fermentação do piruvato a lactato.
. b) Serão produzidos 2 moles de ATP, 1 mol de NADH e 1 mol de piruvato por mol de di-hidroxiacetona-fosfato. O NADH será oxidado a NAD+ através da fermentação do piruvato a etanol.
. c) Serão produzidos 4 moles de ATP, 2 mol de NADH e 2 mol de piruvato por mol de di-hidroxiacetona-fosfato. O NADH será oxidado a NAD+ através da fermentação do piruvato a lactato.
. d) Serão produzidos 4 moles de ATP, 2 moles de NADH e 2 moles de piruvato por mol de di-hidroxiacetona-fosfato. O NADH será oxidado a NAD+ através da fermentação do piruvato a etanol.
. e) Serão produzidos 2 moles de ATP, 1 mol de NADH e 1 mol de piruvato por mol de di-hidroxiacetona-fosfato. O NADH será regenerado a NAD+ por intermédio de lançadeiras de elétrons que irão transferir estes elétrons para a cadeia de transporte de elétrons da mitocôndria.
8) Por que no eritrócito a oxidação de um mol de glicose produz apenas 2 moles de ATP?

. a) Porque esta célula não tem acesso a moléculas de oxigênio, e, portanto, o piruvato não pode ser completamente oxidado a CO2 e água.
. b) Porque esta célula não possui a enzima necessária para conversão de di-hidroxiacetona-fosfato a gliceraldeído-3-fosfato.
. c) Porque esta célula possui uma enzima que converte gliceraldeído-3-fosfato diretamente a 3-fosfoglicerato, e, portanto, a reação catalisada pela fosfoglicerato-cinase resultando na produção de um ATP não acontece.
. d) Porque esta célula não possui mitocôndria e, portanto, o NADH deve ser regenerado a NAD+ através de fermentação alcoólica do piruvato.
. e) Porque esta célula não possui mitocôndria e, portanto, o NADH deve ser regenerado a NAD+ através de fermentação láctica do piruvato.
9) Você já sabe que na fase de investimento da glicólise são consumidas duas moléculas de ATP, uma pela hexocinase e outra pela fosfofutrocinase-1 (PFK-. Qual a importância que a reação catalisada pela

. a) A fosfo-hexose-isomerase converte glicose em frutose, a qual é o substrato da PFK-1.
. b) A fosfo-hexose-isomerase converte frutose-6-fosfato em glicose-6-fosfato, a qual é o substrato da PFK-1.
. c) A fosfo-hexose-isomerase move o grupo hidroxil no C-1 da glicose-6-fosfato para o C-2, produzindo frutose-6-fosfato.
. d) A fosfo-hexose-isomerase move o grupo carbonil no C-1 da glicose-6-fosfato para o C-2, produzindo frutose-6-fosfato.
. e) A fosfo-hexose-isomerase quebra a hexose-fosfato em duas moléculas de três carbonos, facilitando a ação da PFK-1.
10) Qual enzima é responsável pela primeira reação formadora de ATP na via glicolítica?

. a) Piruvato-cinase.
. b) Hexocinase.
. c) Fosfoglicerato-cinase.
. d) Fosfofrutocinase.
. e) Gliceraldeído-3-fosfato-desidrogenase.
11) A oxidação do citrato pode parecer um evento complicado, pois ela depende de oxaloacetato para a primeira reação do ciclo acontecer e termina com a produção do mesmo. Porém, os intermediários ger

. a) A produção de citrato.
. b) A produção de acetil-CoA.
. c) A produção de piruvato.
. d) A produção de fosfoglicerato.
. e) A produção de gliceraldeído-3-fosfato.
12) O objetivo da auxiliar de laboratório Karina Gonçalves, de 20 anos, era perder 10 kg e ficar pronta para o carnaval. Mas, agora, ela passa o dia sentada no sofá. Após substituir as refeições por um shake e um

. a) A carência de vitamina B1 inibiu a oxidação da glicose, inibindo a enzima hexocinase, dificultando a utilização desse carboidrato como combustível.
. b) A carência de vitamina B1 inibiu o funcionamento da enzima piruvato desidrogenase, interferindo com a produção de acetil-CoA e inibindo o ciclo do ácido cítrico.
. c) A carência de vitamina B1 inibiu o funcionamento da enzima aconitase, que converte o citrato em isocitrato, impedindo a formação de alfa-cetoglutarato no ciclo do ácido cítrico.
. d) A carência de vitamina B1 inibiu o complexo II da cadeia transportadora de elétrons, que é a única enzima do ciclo do ácido cítrico presa na membrana mitocondrial.
. e) A carência de vitamina B1 inibiu o transporte de elétrons pelo NADH e FADH2 para a cadeia transportadora, reduzindo o funcionamento da ATP sintase.
13) O ciclo do ácido cítrico não contribui somente para a produção de ATP. Ele também fornece substratos para a síntese de grupo heme, aminoácidos, ácidos graxos e glicose. Os substratos remov

. a) Piruvato.
. b) Glutamato.
. c) Porfirinas.
. d) Asparagina.
. e) Acetil-CoA.
14) Nos organismos aeróbios, podemos dizer que o ciclo do ácido cítrico é uma via anfibólica, ou seja, é uma via catabólica e anabólica. Podemos citar como exemplo de via anabólica:

. a) A oxidação de ácidos graxos.
. b) A síntese de acetil-CoA.
. c) A oxidação de aminoácidos.
. d) A síntese de glicose.
. e) A oxidação de carboidratos.
15) O ciclo do ácido cítrico é altamente regulado dentro da mitocôndria. Na matriz mitocondrial, as concentrações de ADP e NADH alimentam o ciclo do ácido cítrico com informações sobre a

. a) Aconitase e fumarase.
. b) Citrato-sintase, isocitrato-desidrogenase e α-cetoglutarato-desidrogenase.
. c) Glutaraldeído-3-fosfato-desidrogenase, piruvato-desidrogenase e malato-desidrogenase.
. d) Isocitrato-desidrogenase, α-cetoglutarato-desidrogenase, e malato-desidrogenase.
. e) Isocitrato-desidrogenase, α-cetoglutarato-desidrogenase e succinato-desidrogenase.
16) A succinato-desidrogenase é a única enzima do ciclo do ácido cítrico ligada a membrana interna mitocondrial. Este fato está relacionado com sua função na cadeia transportadora de elétrons, que &e

. a) Transportar elétrons do NADH para o complexo III.
. b) Transportar elétrons para a ubiquinona.
. c) Transportar elétrons para o complexo IV.
. d) Transportar elétrons para o citocromo c.
. e) Transportar elétrons do FADH2 para o complexo IV.
17) O monóxido de carbono (CO) é potencialmente tóxico, pois além de interferir no transporte de oxigênio pela hemoglobina, é capaz de inibir o complexo IV da cadeia transportadora de elétrons. Com essa inib

. a) A síntese de ATP irá se manter inalterada, pois o CO inibe apenas o complexo IV não interferindo com o funcionamento da ATP sintase.
. b) Será inibida pois os elétrons não serão transferidos para o complexo V (ATP sintase). Com a falta de elétrons no complexo V, não haverá fosforilação do ADP.
. c) Irá se manter inalterada, pois com a inibição do complexo IV o complexo II é ativado e o bombeamento de prótons permanece constante.
. d) Será inibida, pois a síntese de ATP é dependente da cadeia transportadora de elétrons. Com a falha no fluxo de elétrons não haverá bombeamento de prótons.
. e) Será diminuída, pois apenas os complexos I e III bombearão prótons da matriz mitocondrial para o espaço intermembrana.
18) A glicólise gera NADH, que pode ser utilizado pela cadeia transportadora de elétrons e contribuir para a formação do gradiente eletroquímico. Porém, a membrana interna da mitocôndria é imperme&aac

. a) Lançadeira malato-aspartato.
. b) Bicicleta de Krebs.
. c) Transferência dos elétrons para o complexo I.
. d) Centros ferro-enxofre.
. e) ATP-sintase.
19) A fosforilação oxidativa gera a maior parte do ATP nas células aeróbias. Como a produção desse ATP é regulada?

. a) É regulada pelo no consumo de CO2.
. b) É regulada pela quantidade de ADP na célula e substratos energéticos.
. c) É regulada pela capacidade de transportar elétrons através dos complexos.
. d) É regulada pelas altas concentrações de lactato, que ativa a ATP-sintase.
. e) É regulada pela ATP sintase, que limita a fosforilação do ADP.
20) A mandioca-brava é usada em algumas regiões do Brasil na produção de farinha. Porém, ela possui uma substância tóxica que pertence à classe dos cianogênicos, que se for consumida, pode causa

. a) Utilização de oxigênio pela cadeia transportadora de elétrons.
. b) Utilização de oxigênio pelo ciclo do ácido cítrico.
. c) Utilização de oxigênio pela ATP sintase.
. d) Utilização de oxigênio pela glicólise.
. e) Utilização de oxigênio pela lançadeira do glicero-3-fosfato.





Comentários

Crie o seu propio teste grátis.
Criarteste.com não se responsabiliza pelo conteúdo publicado pelos usuários.
Usamos as cookies para personalizar os anúncios e analizamos o tráfego web para melhorar nosso conteúdo. Nós compartilhamos essas informações com Google Analytics, Adsense e Google+. O nosso site e Google usam essas informações para fornecer serviços melhores.Ok   Uso das cookies Google